Mini roteiro em BH

Roteirinho ideal para quem vai a trabalho e tem pouco tempo como eu, por isso não temos nenhum tempo a perder. Se você gosta de pular cedinho da cama e sair para respirar a cidade, dá pra fazer 100% dessa lista de dicas em 3 dias.

Já conhecia Belo Horizonte, mas como sempre vou a trabalho, fico turistando em fragmentos de trajetos de táxi pra lá e pra cá. Agora em abril, estive pela terceira vez na cidade, fiz três palestras na Feira do Empreendedor do Sebrae no MinasCentro, logo em frente ao Mercado Central de Belo Horizonte, uma perdição. Comprei queijo na Barraca do Ronaldo, comprei compota de jaboticaba, doce de banana com abacaxi, bonecas de palha e colheres de pau. Agora eu acho que já posso te recomendar o que é imperdível, fácil de ir e na minha opinião deixam uma boa lembrança:

Para almoçar e jantar:

Café com Letras, na Savassi. Lindo, cheio de livros, charmoso e com otimo serviço, esse café tem a melhor comida contemporânea da cidade e você vê as pessoas mais interessantes e lindas de BH. Dessa vez fui dois dias!! Agora pasmem o preço: uma salada verde imensa + 2 pratos do dia: aspargos, batata, filet de frango ao curry e uma sobremesa: sorvete de coco com manga tipo um pavezinho + suco e refri = R$70, dividido entre eu e minha amiga, ficou R$35,00 por pessoa. Milagre que dá gosto! # BHhonesta

Na véspera da volta para SP, fui comemorar o aniver da minha roommate em Minas. Chegamos tarde, pegamos uma esperinha básica mas, que espera boa: tinha Anderson Noise e cosmopolitans, pode acreditar. Foi um luxo o jantar: crepe de cogumelos e petit gateau pra nunca esquecer.

Para andar a pé:

A Praça da Liberdade é perfeita, tem coreto, chafariz, palmeiras imperiais, uma esquina de Niemeyer e muitos prédios históricos ao redor. Gramados, margaridinhas, bancos para descansar. Uma praça linda repleta de museus. Eu escolhi ver a exposição magnífica no CCBB-BH: “Um olhar sobre o Brasil, de 1833-2003.”

Para comprar:

Feira Hippie da Afonso Pena, no Centro. Sem mais explicações, todo mineiro conhece e frequenta no domingo cedinho das 6h30-14h. Lá tem de tudo de bom, do artesanato até comidinhas deliciosas e no clima das barraquinhas de rua. Vá sem bolsa, controle o dinheiro que vai gastar carregando pouco (com R$100 já faz a festa).

Para orar:

Igrejinha da Pampulha emociona em todos os ângulos e os desenhos de Portinari aplicados na arquitetura de Niemeyer são magníficos. Chorei. Nesse passeio vá beeem cedo e aproveite e caminhe pela lagoa - não precisa fazer os 18km hahahahahahahaha de longe a lagoa é linda e dá pra ver a silhoueta do Mineirão ao longe. Pena que ainda é tão poluída.

Para fugir do Centro, no Centro:

A maior parte das pessoas que viaja a negócios se hospeda no Centro. E o Centro de BH não é diferente dos centrões das capitais do Brasil: perigosa, suja e barulhenta. Mas em Belo Horizonte existe um oásis, é o Parque Municipal, onde bem cedinho você pode caminhar, usar os aparelhos de ginástica, também tem quadras, lagos, vitória-régia, uma lindeza mesmo. E acredite: tem wi-fi free.

No Centro, olhe para cima e veja por exemplo o indião do edifício Acaiaca, ele foi meu observador ns cafés da manhã no hotel.

Para relaxar e se cuidar:

Fui em duas unidades da Clínica Ben Vivere. Na da Bodytech da Savassi, fiz uma massagem relaxante incrível e inesquecível no spa super aconchegante e calmo. No dia seguinte fui ao shopping DiamondMall e lá dentro da Cia. Athletica, tem uma unidade da Ben Vivere, aproveitei e fiz o básico: pé e mão. Linda e sem stress em BH.

Bookmark and Share

Lorde me representa

A primeira vez que prestei atenção nessa moça: Lorde, eu estava bem cansada, deitada numa cama fria e macia, num quarto de hotel longe de casa, desejando estar com meu amor, minha filha, lá naquela minha praia, com o pé na areia, deitada na esteira de palha embaixo muito sol, sem ninguém e nem sinal.

Nunca achei que eu teria nada a ver com a nova musa da Billboard. A música dela bem alta na tv, só nós duas e os pensamentos simultâneos sobre outras vontades e desejos de quem tem só 17 anos e basta sonhar com Cadillacs porque nunca será da realeza, sabe de onde veio. Eu também sei. Sempre soube. Tenho mais de trinta e nove primaveras, outonos, invernos rigorosos e verões bem quentes, mas é essa teenager neozelandesa quem me representa.

Fiquei um tempão pensando nas coisas todas que queremos mesmo e que permanecemos pra sempre querendo, e também o que não queremos e o que temos ao longo da vida. I don’t care pra você. Tudo é tão transitório: desejo, ação, realização, posse então ah… O que não muda é a noção daquilo que somos e só, porque isso é algo nunca deixaremos pra lá. Desejos mudam naturalmente e nem precisam se realizar completamente para cumprir seu papel para enxergar o rumo da vida e encaminhar a gente prum lado e pro outro. Fazer da gente o que a gente é e não tem.

Quando a gente fica sozinha só pensa merda.

***

Realeza -  Lorde

Eu nunca vi um diamante ao vivo
Os conheci em anéis de casamento nos filmes
E não tenho orgulho do meu endereço, no subúrbio assolado
Não é um CEP que causa inveja

Mas toda música é sobre dentes de ouro, vodka, drogas no banheiro
Manchas de sangue, vestidos de festa, destruição no quarto de hotel
Nós não ligamos, dirigimos Cadillacs nos nossos sonhos
Mas todos gostam de champanhe Cristal, carros Maybach, diamantes em seus relógios
Jatinhos, ilhas, tigres em coleiras de ouro
Nós não ligamos, não estamos interessados em seu caso de amor

E nós nunca seremos da realeza
Isso não corre no nosso sangue, esse tipo de luxo não é para nós
Nós procuramos outro tipo de agitação
Deixe-me ser sua dona, pode me chamar de abelha-rainha
E, querido, eu vou mandar, eu vou mandar, eu vou mandar, eu vou mandar
Deixe-me viver essa fantasia

Meus amigos e eu, nós quebramos o código
Contamos nosso dinheiro no trem indo à festa
E todos que nos conhecem sabem que estamos bem assim, nós não viemos do dinheiro

Mas toda música é sobre dentes de ouro, vodka grey goose, drogando -se no banheiro
Manchas de sangue, vestidos de festa, destruição no quarto de hotel
Nós não ligamos, dirigimos Cadillacs nos nossos sonhos
Mas todos gostam de champanhe Cristal, carros Maybach, diamantes em seus relógios
Jatinhos, ilhas, tigres em coleiras de ouro
Nós não ligamos, não estamos interessados em seu caso de amor

E nós nunca seremos da realeza, isso não corre no nosso sangue
Esse tipo de luxo não é para nós
Nós procuramos outro tipo de agitação
Deixe-me ser sua dona, pode me chamar de abelha-rainha
E, querido, eu vou mandar, eu vou mandar, eu vou mandar, eu vou mandar
Deixe-me viver essa fantasia

Oooh oooh oooh
Somos maiores do que já sonhamos, e eu amo ser a rainha
Oooh oooh oooh, a vida é ótima sem se importar
Nós não estamos interessados em seu caso de amor

E nós nunca seremos da realeza, isso não corre no nosso sangue
Esse tipo de luxo não é para nós
Nós procuramos outro tipo de agitação
Deixe-me ser sua dona, pode me chamar de abelha-rainha
E, querido, eu vou mandar, eu vou mandar, eu vou mandar, eu vou mandar
Deixe-me viver essa fantasia

Royals

I’ve never seen a diamond in the flesh

I cut my teeth on wedding rings in the movies

And I’m not proud of my address

In the torn up town

No post code envy

But every song’s like gold teeth, grey goose

Trippin’ in the bathroom

Blood stains, ball gowns

Trashin’ the hotel room

We don’t care

We’re driving cadillacs in our dreams

But everybody’s like cristal, maybach

Diamonds on your timepiece

Jet planes, islands, tigers on a gold leash

We don’t care

We aren’t caught up in your love affair

And we’ll never be royals

It don’t run in our blood

That kind of lux just ain’t for us

We crave a different kind of buzz

Let me be your ruler

You can call me queen bee

And baby I’ll rule, I’ll rule, I’ll rule, I’ll rule

Let me live that fantasy

My friends and I, we’ve cracked the code

We count our dollars on the train to the party

And everyone who knows us knows

That we’re fine with this

We didn’t come from money

But every song’s like gold teeth grey goose

Trippin’ in the bathroom

Blood stains, ball gowns

Trashin’ the hotel room

We don’t care

We’re driving cadillacs in our dreams

But everybody’s like cristal, maybach

Diamonds on your timepiece

Jet planes, islands, tigers on a gold leash

We don’t care

We aren’t caught up in your love affair

And we’ll never be royals

It don’t run in our blood

That kind of lux just ain’t for us

We crave a different kind of buzz

Let me be your ruler

You can call me queen bee

And baby I’ll rule I’ll rule I’ll rule I’ll rule

Let me live that fantasy

Ooh ooh oh

Ooh ooh oh

Ooh ooh oh

We’re bigger than we ever dreamed

And I’m in love with being queen

Ooh ooh oh

Ooh ooh oh

Ooh ooh oh

Life is game without a care

We aren’t caught up in your love affair

And we’ll never be royals

It don’t run in our blood

That kind of lux just ain’t for us

We crave a different kind of buzz

Let me be your ruler

You can call me queen bee

And baby I’ll rule, I’ll rule, I’ll rule, I’ll rule

Let me live that fantasy

Bookmark and Share

Chuva

Ar quente vai subir
Ar frio vai descer
Vapor que vem do mar
Geleiras vão derreter.

O vento vai soprar
Tudo pode acontecer
As nuvens vão se condensar
E, depois, vão dissolver.

Porque quando o sol aquece a Terra
Muita água se libera
E a gravidade da atmosfera
Faz pressão que nem panela.

Quando faz chover bem muito
Você vem para o meu mundo
E eu te conto como acontece a chuva
E eu te conto como acontece a chuva.

Chuva molha, molha, cai
Chuva chove, chove, sai
Chuva molha, molha, vem
Chuva, chuva.

Chuva molha, molha, cai
Chuva chove, chove, sai
Chuva molha, molha, vem
Chuva, chuva.

O ciclo d’agua é uma dança eterna!

Chuva molha, molha, cai
Chuva chove, chove, sai
Chuva molha, molha, vem
Chuva, chuva.

Chuva molha, molha, cai
Chuva chove, chove, sai
Chuva molha, molha, vem
Chuva, chuva.

Bookmark and Share

A salvação do seu alcance no Facebook

Semana passada antes da minha aula na ComSchool, dei essa rápida entrevista sobre o Facebook. Falei sobre o alcance das páginas, sobre o conteúdo que engaja e torna relevante as postagens, o que os fãs representam e como devemos encarar a rede social do ponto de vista dos negócios.

Para saber minha agenda de cursos na ComSchooll, acesse: http://comschool.com.br/

Bookmark and Share

Pela igualdade no trabalho doméstico

O Instituto Patrícia Galvão inaugura duas ferramentas – um hotsite com dados e uma enquete que buscam estimular a reflexão sobre a divisão desigual do trabalho doméstico e a sobrecarga que isso representa no dia a dia das brasileiras. Fruto de uma parceria entre o Instituto e o Data Popular e o SOS Corpo, o estudo mensurou a percepção das mulheres de que a maior participação no trabalho remunerado não foi acompanhada de mudanças na divisão do trabalho doméstico, nem na oferta de políticas públicas. Veja:

http://goo.gl/zKkTBP

Outra ferramenta é uma rápida enquete para descobrir qual é a participação individual na divisão das tarefas cotidianas de sua casa. Participe http://goo.gl/6dAvSC, olha o meu resultado no gráfico que legal:


Aqui em casa não temos mais faxineira nem empregada diarista desde outubro de 2013. Nos dividimos em tudo e cada dia fazemos um pouco de tarefas como: passar aspirador, tira poeira dos móveis, limpar os vidros… Todo dia tem uma loucinha boa e aquela geral nos quartos. Lavamos roupa e estendemos nos cabides para não precisar passar quase nada, diariamente pensamos no cardápio para cozinhar nossa comida. Uma vez por mês recebemos a visita e o apoio da minha BFF amiga da vida: Cintia Covre da Otimiza Design, tenho sorte de ter amiga organizadora de ambientes, hein?? Sei que essa dinâmica parece surreal porque é extremamente natural, mas em minha casa não tem crise pra saber quem deve lavar o banheiro.

Só que em milhares de lares há o peso da desigualdade, o não reconhecimento e não compartilhamento das tarefas de manutenção da casa e cuidados com familiares (filhos e/ou parentes idosos ou doentes) têm perpetuado uma divisão sexual do trabalho que sobrecarrega as mulheres – prejudicando seu acesso a direitos, serviços, lazer, estudos e ao mercado de trabalho. Até a Organização das Nações Unidas destacou que a invisibilidade do trabalho doméstico segue alimentando a pobreza e exclusão social das mulheres. A proposta do Instituto Patrícia Galvão com as novas ferramentas é mobilizar a web para refletir sobre seu papel neste cenário de desigualdades e difundir a importância de uma divisão mais justa do trabalho doméstico #igualdadeemcasa

Confira alguns achados da Pesquisa “Trabalho remunerado e trabalho doméstico – uma tensão permanente”:

· 71% das mulheres que estão no mercado de trabalho são também as responsáveis pelas tarefas de cuidado com a casa e com a família, sem nenhuma participação masculina.

· Sete em cada dez mulheres sentem que falta tempo no dia a dia, especialmente para cuidar de si.

· Três em cada quatro consideram sua rotina extremamente cansativa.

· Nos finais de semana, 73% das mulheres realizam tarefas domésticas nas suas próprias casas. ESSA É A MAIS CLÁSSICA…

Sempre me pergunto: NIONDE KI ISCRITO KI ARRUMÁ A CASA É SEUVIçO SÓ DAS MUIÉ???


Bookmark and Share

Maratona Infantil David Bowie

#voulevarluisa

Neste domingo dia 23 de março, durante a Maratona Infantil do MIS, os profissionais de beleza do Jacques Janine realizarão uma oficina de maquiagem artística inspirada em três makes mais marcantes de David Bowie, sob a coordenação da maquiadora e consultora artística oficial do Jacques Janine, Chloé Gaya. Demais!!!

Maratona Infantil David Bowie

Quando: 23 de março, domingo

Horário: das 10h às 17h

Museu da Imagem e do Som (MIS) - Avenida Europa, 158 – SP

Gratuito

Bookmark and Share

Sonho de craque

“Entrar em campo com a torcida cantando e o estádio lotado, para nós jogadores dá um frio na barriga. Imagina uma criança ao lado de alguém que admira vendo tudo aquilo acontecer? Procuro sempre conversar, pergunto o nome, até porque eles ficam um pouco nervosos. Deve ser um momento que eles não esquecem tão cedo, porque realmente fica na memória. Quando ia em um jogo do meu pai, entrava de mãos dadas com ele no campo. Ele sempre foi meu ídolo e o futebol é o que mais amo fazer. Isso me marcou.” Neymar (nesta foto com 2 anos)

Ontem foi o último dia da promoção “Sonho de Craque” do McDonald’s, que oferecerá essa experiência única para crianças entrarem em campo com a Seleção num dos jogos da Copa. Imagina a emoção! Vamos acompanhar o resultado.

Bookmark and Share

Dicas para ler mais e mais gostoso

Feriado prolongado pode ser tempo de viajar pra fora ou de viajar pra dentro dos livros lindos que comprei o ano todo e sempre busco um tempo pra ler. Esse tempo é agora. Sinto muito, não sou dos livros eletrônicos, acho que o tamanho e o peso das páginas e o formato da edição dão mais sentido à obra. Mas como eu tenho feito pra ler em tempos de notificações no celular? Escolho um local arrumado e iluminado naturalmente, separo vários livros que quero ler, também separo uns outros só para folhear. Elimino as distrações, nada de iPad, nem celular por perto, tudo desligado e bem longe. Coloco uma musiquinha boa de fundo e embarco… Vale depois compartilhar suas experiências com quem está do seu lado, recontar o que leu faz a gente memorizar mais detalhes de uma história. S2

Bookmark and Share

Pela capa

Eu compro livro

nunca penso no sebo

depois pesquiso.

***

The Yellow Book, an illustrated Quarterly, volume II

O cartaz da época

Bookmark and Share

Magros de nascença

Vem ganhar peso, vem!

Bookmark and Share

As melhores atrizes usaram na noite do Oscar

Um amor o infográfico criado pela  MediaRun para mostrar os vestidos usados pelas vencedoras do Oscar de Melhor Atriz desde 1929. Um dos meus preferidos é o vestido Ralph Lauren de Gwyneth Paltrow em 1999 e o vestido Gucci de Charlize Theron em 2004. Se puder escolher mais um fico com o da Helen Hunt em 1998, Tom Ford para Gucci <3 Percebam como tem muitos vestidos que não são assinados até os anos 60.

Bookmark and Share

A endometriose é uma doença social

Caroline Salazar tem 35 anos e apesar das fortes dores que sentia desde os 13 anos, teve a endometriose  diagnosticada há apenas 4 anos. Antes de iniciar o tratamento de maneira adequada, sofria com as dores 24 horas por dia e tinha dificuldades para andar e respirar, o que inevitavelmente impactou sua vida social com amigos ou namorados. “Em muitos casos, as pessoas não compreendem o problema e se afastam por não conseguir conviver com alguém que reclama o tempo todo de dor ou não consegue sair da cama pelo mesmo motivo. Devido às fortes dores a frequência do sexo diminui, o que a maioria dos homens não entendem achando que é apenas frescura da mulher. A endometriose é uma doença social” enfatiza Carolina.

De paciente à blogueira, Carolina escreve o blog “A Endometriose e Eu”, atualmente uma das referências online sobre o tema. “Só uma mulher que sofre com a endometriose sabe o tamanho da dor que sente. A cólica causada pela doença é diferente de uma cólica menstrual, pois pode vir acompanhada de ardência nas pernas, dores na coluna lombar, diarreia, vômitos, tonturas e desmaios” explica a blogueira. E se emociona: “Por muitos anos eu não consegui usar calça jeans. A minha maior vitória foi quando consegui colocar a minha calça, que estava guardada há quase sete anos”.

Não é “frescura de mulher”: gestações tardias, excesso de estresse e trabalho/estudo, sono e alimentação ruins e poucas atividades de lazer são alguns dos fatores que podem levar a mulher a prolongados períodos de desequilíbrio hormonal. Essas irregularidades costumam impactar diretamente a saúde feminina, com alterações no ciclo menstrual e provocando doenças. Especialistas referem-se a essas doenças como “afeções hormonais” e, entre elas, uma pouco conhecida pelas próprias mulheres brasileiras: a endometriose.

Por isso, uma pesquisa realizada neste ano pela Associação Brasileira de Endometriose e Ginecologia Minimamente Invasiva (SBE) - com apoio do Grupo Bayer – busca entender qual o real cenário do nível de informação das mulheres sobre a doença no Brasil. Ao todo, foram ouvidas 10 mil mulheres com idade acima de 18 anos, em 10 capitais brasileiras, e um grupo de quase mil médicos. Os resultados serão divulgados até a próxima semana. Hoje, ainda que não haja um consenso sobre a causa da doença, já se sabe que ela afeta cerca de 176 milhões de mulheres no mundo e estima-se que sejam seis milhões só no Brasil.

***

Preste atenção que tem dois eventos para conscientização sobre a endometriose agora em março:

Bookmark and Share

#oReiestáNu

Hoje, no lançamento da Semana de Moda de Milão, o Greenpeace desenrolou um banner enorme na Galeria Vittorio Emanuele para pedir que as marcas de luxo se comprometam em ter uma moda livre de substâncias tóxicas perigosas. Com a top model russa Eugenia Volodina e um jovem ‘Rei’ estampados no banner de 100 metros quadrados que foi pendurado em uma galeria, a mensagem dizia “Moda bonita, mentiras feias? #oReiestáNu”. Enquanto isso, logo abaixo, voluntários do Greenpeace abriram um segundo banner com a mensagem “Versace limpe sua moda agora!”

Se quiser saber mais sobre essa luta: http://www.greenpeace.org/brasil/pt/Noticias/O-Rei-esta-nu-em-Milao/

Divulgue a petição: http://www.greenpeace.org/brasil/pt/Participe/o-rei-esta-nu/#fairytale

Bookmark and Share

Pra chorar comigo!

Só assiste e depois me fala….

Bookmark and Share

Não paro mais de ouvir…

Ouve tbém que é delicinha essa lista! E os clipes??? São lindos ;)

Bookmark and Share

Major Tom e Walter Mitty

Tá procurando filme pra ver ‘cas crianças’ nas férias mas já empapuçou de filminho? Então corra pra ver um ótimo: “A Vida Secreta de Walter Mitty”, com Ben Stiller e censura liiiiiivre. Nós fomos e adoramos. Luisa acompanhou bem toda história, vimos com legendas (tem que forçar os bichinhos!!). Valeu mais ainda pelas paisagens incríveis que o filme mostra. Uma das melhores cenas é essa, filmada na Islândia:

E também pela trilha sonora clássica de David Bowie pra embalar mais ainda a viagem de Walter Mitty. Uma das músicas mais lindas que existe a Luisa aprendeu, estamos cantando há uma semana:

Major Tom

Ground Control to Major Tom
Ground Control to Major Tom
Take your protein pills and put your helmet on

Ground Control to Major Tom
Commencing countdown, engines on
Check ignition and may God’s love be with you

Spoken:
Ten, Nine, Eight, Seven, Six, Five, Four, Three, Two, One, Lift-off

This is Ground Control to Major Tom
You’ve really made the grade
And the papers want to know whose shirts you wear
Now it’s time to leave the capsule if you dare

This is Major Tom to Ground Control
I’m stepping through the door
And I’m floating in a most peculiar way
And the stars look very different today

For here
Am I sitting in a tin can
Far above the world
Planet Earth is blue
And there’s nothing I can do

Though I’m past one hundred thousand miles
I’m feeling very still
And I think my spaceship knows which way to go
Tell my wife I love her very much (she knows!)
Ground Control to Major Tom
Your circuit’s dead, there’s something wrong
Can you hear me, Major Tom?
Can you hear me, Major Tom?
Can you hear me, Major Tom?
Can you hear….

Here am I floating ’round my tin can
Far above the Moon
Planet Earth is blue
And there’s nothing I can do

David Bowie

Bookmark and Share

Genética ou é só gente mesmo?

“De Repente Pai” (Delivery Man) da DreamWorks Pictures é uma delícia de filme estrelado pelo ator e lindo santo deus! Vince Vaughn no papel de David Wozniak, um típico solteirão desencanado cujas doações anônimas para uma clínica de fertilização há 20 anos, resultaram em 533 filhos, que agora desejam saber quem é o pai biológico. David embarca em uma jornada que o leva a descobrir como é uma pessoa excelente mesmo que pareça ser a mais estúpida das criaturas, e também como ele se torna pai da noite para o dia. O que prevaleceu nesse caso de David e seus centenas de filhos, na minha opinião, não foi a genética, foi uma forte empatia por gente, pelo outro. A cada filho que ele encontrava, mais do que o espermatozóide que o constituiu ele encontrava alguém com uma história de vida diferente, algumas vezes precisando de ajuda (de pai) e lá estava ele cumprindo seu papel.  Sem mais detalhes sobre o roteiro, o filme me emocionou muito, chorei demais mas me fez rir muito também!! tem momentos sensacionais, vai ver no cinema!

No material da Disney sobre o filme, me chamou atenção essa pergunta para Vince Vaughn:

Como David descobre quem são alguns dos filhos dele?
R: Eu acho que o interessante é que ele recebe uma pasta com o perfil das crianças, fica curioso e não consegue deixar de olhar os perfis. O divertido no filme é que como pai, eu acho que contracenando com diferentes filhos de diferentes famílias, você meio que explora quais são os pensamentos que passam pela cabeça de todos os pais, as coisas boas e as preocupações. Seria ótimo se seu filho fosse excelente em alguma coisa, estivesse em um bom relacionamento, fosse motivado ou apenas saudável e feliz e com boas vibrações. E tem as preocupações sobre o que aconteceria se eles fossem pegos fazendo o que não devem ou não conseguindo realizar seus sonhos ou se sentindo mal ou pra baixo sobre eles mesmos ou lutando com dificuldades. E eu acho que a faixa etária em que as crianças estão, de 18 anos ou um pouco mais, é aquela em que eles meio que tentam iniciar a fase adulta e descobrir quem são. Então, eu acho que David entra na vida deles nessa etapa inicial de se tornarem jovens adultos e é muito forte porque como pai você pode pensar sobre os cenários de sua própria vida e da de seus próprios filhos.

Bookmark and Share

Pare de reciclar. Comece a consertar.

Encontrei faz tempo o Manifesto do Conserto. Achei maravilhoso porque antes de simplesmente comprar coisas novas podemos e devemos tentar consertá-las. Claro que parte da responsabilidade também é dos fabricantes, uma utopia em tempos de made in China. Alguns produtos por exemplo, não permitem reparos, sendo necessário repô-los em caso de danos ou jogá-los fora em caso de atualização. Muitos são assim intencionalmente, com o agravante de não serem feitos para durar, para movimentar o consumo. Se possível, não compre produtos que, de antemão, você sabe que são assim.

Fiz uma tradução tosca do manifesto, da maneira como o interpretei.

  1. Faça seus produtos durarem mais: consertar significa dar uma segunda chance aos seus produtos. Não os jogue fora. Consertar não é anti-consumismo: é contra jogar coisas fora desnecessariamente.
  2. Produtos são projetados, logo podem ser consertados: designers de produto: façam seus produtos consertáveis. Consumidores: comprem coisas que possam ser consertadas.
  3. Conserto não é reposição: reposição é jogar fora a parte que estragou. Não consertá-la. Não é disso que estamos falando.
  4. O que não me mata me fortalece: a cada vez que algo é consertado, isso acrescenta a seu potencial, a sua história, a sua beleza inerente.
  5. Consertar é um desafio criativo: fazer consertos é bom para a imaginação. Usar novas técnicas, ferramentas e materiais acrescenta mais do que simplesmente aceitar um beco sem saída.
  6. Consertos sobrevivem à moda: consertar não é estilo ou tendências.
  7. Consertar é descobrir: enquanto você conserta coisas, você descobre fatos incríveis sobre como eles funcionam ou não funcionam.
  8. Conserte, mesmo quando não estivermos em crise: se você acha que este manifesto é por causa da crise, esqueça. Não é sobre dinheiro, é sobre mentalidade.
  9. Consertar é único: mesmo produtos copiados se tornam únicos quando consertados.
  10. Consertar é independência: não seja dependente da tecnologia. Seja seu mestre. Se algo está quebrado, arrume e faça-o melhor. Se você é um mestre, dê esse poder a outros também.
  11. Você pode consertar tudo: até uma sacola de plástico: mas é melhor ter uma sacola que dure mais e repará-la se for necessário.

O manifesto termina com: “Pare de reciclar. Comece a consertar”.

Creio que reciclar sempre será necessário, óbvio, mas consertar suas coisas pode ser um passo a mais.

Bookmark and Share

Retrô, mas sempre em frente!

Dj solta o som de retrospectiva: Moby, “The Perfect Life”, foi até tema de novela! Essa aí tocou muito em 2013 é linda e perfeita.

Dizer que o ano passa rápido é chover no molhado, essa já é a sensação geral há muito tempo. Confesso que não consigo postar na mesma velocidade em que eu vivo a vida. Falta registrar muita coisa boa. Por isso, acho que todo mundo deveria fazer uma retrospectiva do que fez durante os últimos 12 meses, assim pode de fato fazer um balanço real e geral, se o ano foi bom ou ruim. Pra mim desde 2006, os anos que vieram na sequência foram sempre um melhor do que o outro. Não que nada de ruim tenha acontecido, mas as coisas boas têm sido bem mais importantes.

Esse ano minha vida deu uma bela reviravolta, quem me acompanhou de perto viu. E meu meu destino rodou tanto que terminou exatamente como estava em dezembro do ano passado. Realizei um sonho que virou um pesadelo instantâneo e acho que a vida se arrependeu de ter sido tão falsa comigo, sabe? Foi madrasta, mas antes do final, resolveu me colocar de volta no lugar onde nunca deveria ter saído. Ai como eu agradeço. Acho que usei um daqueles vale-vida que a gente tem só 3 nos games e pega quando precisa de mais um impulso pra mudar de fase. Valeu a vida apostada.

Esse ano me dei conta de que tenho uma capacidade notável de esquecer coisas ruins, pessoas trash e situações desnecessárias. Quis me lembrar de algumas agora mas era como se tudo tivesse acontecido há muito tempo… Sou ótima para editar a memória.

Foi muito especial este ano trabalhar com as turmas na E-Commerce School, uma escola que tem se mostrado excelente a cada dia. Contei 12 palestras e muitas viagens para trabalho e cursos de Mídias Sociais. Passei por cidades lindas como Floripa, Navegantes, Belo Horizonte, Porto Alegre, Bauru, Foz do Iguaçu, Goiânia, Brasília, Vitória e Rio de Janeiro. Ano que vem estarei novamente com minhas turmas na E-Comerce School e estarei também dando aulas na FAAP, dentro do Núcleo de Inovação em Mídias Digitais o que me deixou extremamente feliz!

Ah e a minha filha? Cada dia ela tá mais linda e amorosa, ganhou até uma homenagem no videoclipe que o pai fez para o Palavra Cantada: “Menina Moleca”, a personagem é ela!!

MENINA MOLECA from Eduardo Souzacampus on Vimeo.

Vamos lá já que esse ano não tem Meme das Antigas! Tentei rapidinho colocar os acontecimentos mais marcantes em ordem cronológica, e que ainda gostaria de registrar este ano! Mas talvez a ordem não importe tanto!

Vio muitos espetáculos: Rei Leão, La Verita, vários no Teatro Viradalata e tbém estive no ensaio geral da ópera modernosa: Ça Ira - Há Esperança, com Sir Roger Waters in persona, no Teatro Municipal, de São Paulo. O que foi um momento quase indescritível. <3

Não posso esquecer de anotar aqui: o melhor show do ano >> Planeta Terra com Lana Del Rey absoluta, linda, fofa em órbita <3 eu e @souzacampus juntinhos assistindo em paz enquanto Luisa estava na festa do pijama na casa da melhor amiga. Isso pra mim é alinhamento perfeito dos planetas e convite da Chevrolet na mão.

E rolou ainda a Festa Make Me Up especial, a primeira do #Brioches, o grupo mais amado da interuébis. Sy Ferrari, eu e Flavia Penido <3 pra guardar pra sempre! Acho que a gente não tinha uma foto as três juntas. Amei!

Estive a convite da Ford nos X-Games 2013, em Foz do Iguaçu e foi uma experiência única, cheia de natureza, banho involuntário de catarata, test-drive em Itaipu e os esportes que mais adoro.

Fomos em família e esse ano com nossa amiga @flavinestrovski a mais uma edição da Flip. Paraty nessa época fica incrível com muitos livros, muito barcos, perfeita para pegar muita praia, comer muito marisco, e ficar muito relax.

A Dafiti organizou um Fashion Day para as crianças em tratamento na AACD, convidou a Julia Petit e foi um evento lindo cheio de voluntários! Nunca tinha ido até o imenso prédio da AACD e fiquei admirada pelo carinho e profissionalismo do pessoal todo. Tá aí um lugar que quero voltar em 2014 e mais ainda, quero participar do Teleton.

Em novembro fiz uma visita para conversar sobre carreira profissional com os alunos do Instituto Nextel. Fiquei encantada com a turma e com a atuação do Instituto. Extrapolei o horário. respondi perguntas, dei muitos abraços, conheci pessoas maravilhosas a quem desejo sucesso! Agora em dezembro voltei como voluntária homenageada na formatura das turmas. Precisa dizer que foi emocionante? Fiquei mais feliz do que eles, foi gratificante participar daquele momento tão marcante!!

Fim de ano cheio de festas e fui no evento de fim de ano da Electrolux. Mas gente, por essa eu não esperava: de presente poder escolher uma instituição para receber uma cozinha completa deles. Eu escolhi melhorar um pouco mais ainda vida dessas mulheres e seus filhotes no Amparo Maternal. Olha a foto do dia da entrega. Foi inesquecível. Um lugar que vou voltar muito ano que vem. Já marquei aliás para sábado dia 4/1 com a Mari Nassif de visitar as meninas e levar umas coisinhas pra elas.

Quando estive em Minas, para a palestra do BH Social Media, conheci uma ação linda que estimula a doação do cabelo, é a “Doe seu Cabelo” para confecção de perucas para pacientes com câncer. Me informei melhor, comentei com o pessoal do Lab Duda Molinos e na hora eles se empolgaram bastante, e de “um cabelo” passamos para cinco doações!! Foi uma tarde toda com Duda Molinos e equipe doando seu trabalho top, cortando e maquiando geral. Missão cumprida. (ai embaixo faltou só a foto da querida Fernanda Mirtes #Brioches)

Como fiz em 2012, este ano também destinei meu cachê da blogagem coletiva pela Guarda Responsável de Animais, Max Total para ser revertido em ração para animais carentes. A entrega foi ontem na ong Adote Um Gatinho. Muita fofurice! Ajude você também! Faz bem! Como não posso ter em casa todos os gatos do mundo eu, pelo menos, tento ajudar um monte deles ;)

***

Antes de terminar, deixo meu muito obrigada às marcas: Raffaello, Hortifruti, Besni, Hellmann’s, Danone, Santander, MSC, Scott, Glambox, Sophie & Juliette, Ford e Spa do Pé por investirem no meu blog e ao site Petiscos por apostar de novo no meu trabalho digital em 2013.

Tenho amigos maravilhosos também sempre por perto!! Obrigada pessoal!

Pronto! Já pode chegar 2014.

Bookmark and Share

Feliz Natal

Feliz Natal arigatô saionará!! Já pensou dispensar o peru, tender, chester, lombinho, leitão, costela e afins no menu da ceia deste ano? Que tal uma ceia japonesa, com sushi, sashimi, shimeji, gohan, missô, sunomomo, saquê, hot roll e temakis. Mto gergelim, gengibre, shoyo, tarê e ban-chá <3 Pode ser bom! Como não sou eu quem fará a ceia, mas minha sogra, não vai ser nada oriental… já despachei o chester e o peru pra casa dela!

Bookmark and Share