Muito biquini branco pra você em 2010

Hoje é dia de vestir branco e curtir uma boa festa de ano novo. Melhor ainda se a festa for na praia.

Acho bem válido na virada de ano usar um biquini branco no litoral ou numa festa na piscina. Complementar, ou dar uma cobridinha, com uma túnica levinha por cima é bacana. Pode ser uma blusona de malhinha fina e transparente, pode ser camisão branquinho de algodão ou porque não, uma regatona chic e colorida, bem estampada pra fazer contraste com o biquini neutro.

No mais é Havaianas no pé e um brinco bonito na orelha [mas escolha um brinco que vc possa perder sem dor no coração, pq em festa de reveillon tudo se perde depois da 5ªtaça].

Passe um perfume inesquecível, solte o cabelo e receba o ano feliz, bonita e à vontade.

Esse modelo é americano e eu gostei bem dele:

Mas você vai me dizer que biquini branco é perigoso.

Sim, é verdade, ele pode não ter um bom forro e ficar ‘invisível’ depois de um mergulho.

Você pode estar com gordurinhas e achar que vai chamar muito mais atenção ou pode ser que esteja muuuuito branca e corre o risco de ficar igual ao Gasparzinho….

Bem, fora isso e com o mínimo de consciência na cabeça é bem bonito usar um biquini branco, e bronzeada então, fica melhor ainda.

Preste atenção no modelo que combine com seu formato de corpo, escolha bem o tipo de sutiã e o modelo da calcinha para que te valorizem. Seja muito feliz em 2010 com um biquini branco.

[Ah..sunga branca sim, é um horror 4ever, mas aí é outro departamento e aqui não trabalhamos.]

***

Sempre que eu penso em BIQUINI BRANCO me vem na cabeça também a Ursula Andress saindo do mar numa praia da Jamaica e que se transformou na clássica cena de 007.

Cena linda aliás, com Sean Connery as James Bond e ela a 1ª Bond Girl cantarolando Underneth Mango Tree.

Compare com a cena ‘revival’ de Halle Berry [acho ela lindona mas 'falta-lhe o glamour' e o biquini branco?? Com certeza teria ficado belíssimo nela....mas apostaram no nude]

@Souzacampus redesenhou a cena do biquini e outras mais deste que é o 1ºfilme de James Bond, ‘007 contra o satânico Dr. No’. Ele fez uma paródia, veja mais desenhos aqui: http://souzacampus.com/ondemand/?p=134

Como não podia deixar, eis uma foto pra reparar bem no biquini que foi arrematado ano passado em um leilão por £41,125 e ainda hoje mantém Ursula Andress como primeiríssima na lista das mulheres mais sexy de biquini do mundo.

O branco do tecido de algodão não brilha como a lycra, por isso dá uma impressão de beginho….branco sujinho. Mas esse cinturão é um luxo!! o bronzeado, o cabelo, tudo!! quer dizer: ela.

A produção de Shakira se inspirou na minha musa e foi lá fingir que ela também saia do mar [de cabelo seco mesmo] num biquininho branco e de modelo básico.

Em compensação o vestidinho tipo segunda pele bem transparentes com cristaiszinhos [eu curti], mas só dá pra usar [ou melhor só use pra dar] numa bela festa em alto-mar.

E agora vamos reparar em mais modelitos.

Vanessa Hudgens, bonitinha!…. só que tem algo estranho com a calcinha, não?? meio embolada.

Ah, você consegue ver que raio é, ou que raio está na mão esquerda dela? Fora as pulseiras.

[PVT com Megan Fox: Olha só minha linda, eu sei que metade da mulherada de toda a humanidade quer ver você longe, mas fala sério? precisava ter colocado esse biquini?? É humilhação né? não precisa trepudiar]

Megan PODE!!!!

E a Britney Bicht bem comportadeenha de sunquini branco….

Mas olha que nem isso dá certo nela? A escomungada combina tudo errado.

Look gongado! Que são aqueles saltos meia-pata VERMELHOS com debrunzinho ou sei lá o quê em DOURADO?????

Quanto ao chapéu da Maria Zilda em ‘Vereda Tropical’ ela podia guardar e usar só quando chegasse nos 50.

Aqui, digamos que o problema não é bem a cor do biquini, nem o modelo, mas os modos phynos de Geri Halliwel a ex-Spice Girl. Achou que estava na piscina de casa e esqueceu do paparazzi.

Tag Cloud 2009

Lindo e simples esse cartão de fim de ano da Pri Alves. Compartilho os votos dela com todos vocês!

Caro Francis

Quem disse que não tem nada pra fazer em São Paulo no comecinho do ano.

Quarta, dia 6 de janeiro, tem pré-estreia de ‘Caro Francis’ no Reserva Cultural, R$5 com direito a um drinkzinho e presença do diretor Nelson Hoineff.

Tá avisado!

Tira-gosto aqui:

Família Obama deseja…

Simplicidade e novos tempos se consolidam.

Cartão histórico. Bem família!

Sóbrio, espontâneo e me parece sincero, assim como devem ser os bons cartões!

A bunda em sua abundância de possibilidades

Assista a este trecho do documentário que foi exibido essa semana num canal de TV franco-alemão.

Ele mostra um estudo novíssimo que afirma por vias bem intelectuais a enorme contribuição do ‘derrière’  à civilização, e para isso consulta os pontos de vista de psicanalistas, filósofos, cientistas e artistas.

O filme La Face Cachée des Fesses ou em inglês The Hidden Side of the Bottom e em português A face secreta da Bunda mostra como o papel do traseiro na evolução humana tem sido negligenciado. [aqui no Brasil a gente supervaloriza, não se preocupem cientistas!!!]

“Nós franceses temos uma relação especial com esta parte do corpo” afirmou Allan Rothschild, co-diretor do documentário. [olha!!!! eu posso afirmar que nós brasileiros também temos]

O filme mostra que sem o nosso grande glúteo, nós humanos nunca teriamos descido das árvores. A importância desta mudança passou desbercebida até por Darwin em sua teoria sobre a evolução humana. Ele não fez qualquer menção ao fato de que uma vez que os seres humanos passaram ser bípedes, os homens tinham dificuldade de saber quando uma mulher foi fértil. isso levou ao aumento de seios e da bunda para ajudar na arte da sedução.

Outra coisa citada é que a bunda foi fundamental para dar à luz o feminismo francês. A moda das bundas exageradas que obrigavam as mulheres a usar “faux-culs” - literalmente “bunda falsa” - causava alvoroço enorme pela cintura fina com espartilho que ampliava os traseiros das moças, que desfilavam suas anquinhas. Philippe Comar, professor morfologia na École des Beaux Arts concluiu numa fala do filme: “O a bunda falsa é que reduziu a mulher a um objeto sexual.”

Além disso tudo, ainda tem um livro que complementa o filme e que esta à venda na França a partir desta semana.

***

E + uma matéria sobre o livro do historiador francês: Jean-Luc Henning “Breve História da Bunda”. Assista e se especialize mais ainda no assunto: PhD de bunda.

E quando a gente começa a mexer com a bunda.. tem um monte delas que aparecem na cabeça: Gretchen, a 1ª bunda protagonista assunida, Carla Perez e o bundão axé…

Mas é claro que atualmente quem vem à tona mesmo [melancia bóia??] é Mulher Melancia em seu esplendoroso popo GG gigante, assim auto-denominado.

Aqui temos as duas partes de um documentário que mostra como ela leva a bunda a sério. Assista! Tem momentos peculiares, como por exemplo, quando ela explica cientificamente a velocidade 6. E em outra parte ela declama os versos de ‘Solteira sim, Sozinha Nunca‘, só perde pra Goethe.

Parte 1

Parte 2

Vamos elevar o nível e lembrar Brigitte Bardot e Michel Piccoli na memorável cena do filme ‘Le Mépris’ (O Desprezo) de Godard, em que ela pergunta: “Et mes fesses? Tu les aimes, mes fesses?” [e a minha bunda, você ama a minha bunda?]. Assista e termine de ler o post se sobreviver:

***

Bunda também é poesia

Tem a bunda do poeta Carlos Drummond de Andrade que, com todo respeito, é uma bunda engraçada no ‘milagre de ser duas em uma’ [acho essa frase genial!]

A bunda que engraçada

A bunda, que engraçada.

Está sempre sorrindo, nunca é trágica.

Não lhe importa o que vai
pela frente do corpo.

A bunda basta-se.

Existe algo mais?

Talvez os seios.

Ora – murmura a bunda – esses garotos
 ainda lhes falta muito que estudar.

A bunda são duas luas gêmea s
em rotundo meneio.

Anda por si
na cadência mimosa,

no milagre 
de ser duas em uma, plenamente.

A bunda se diverte
 por conta própria.

E ama. 
Na cama agita-se.

Montanhas
 avolumam-se, descem.

Ondas batendo

numa praia infinita.

Lá vai sorrindo a bunda.

Vai feliz
 na carícia de ser e balançar.

Esferas harmoniosas sobre o caos.

A bunda é a bunda,

rebunda.

***

A bunda pode também ser descrita em uma série de códigos para emoticons…..

(__|__) bunda perfeita.
|__|__| desbundada.
(::|::) bunda com celulite.
(__$__) bunda de prostituta de luxo.
(__*__) bunda de quem tá com frio.
(__.__) bunda de quem tá com muito medo.
(__?__) bunda de quem não sabe o que vem pela frente ou melhor, por trás.
(__o__) bunda pouco usada.
(__O__) bunda bastante usada.
(___________0____________) bunda da Carla Perez.
(__|.|__) bunda com nádegas afastadas para exame de próstata.
(__|o|__) bunda com nádegas afastadas após exame próstata.
(__;__) bunda com limpeza falha após uso.
(__-__) bunda de japonesa.
(__V__) bunda comportada de biquíni.
(__Y__) bunda assanhada de fio dental.
(((__)(__))) bunda mole.

***

O livro das grandes bundas

Tem edição de capa dura [se fala de bunda tem q ser dura] e traz entrevistas de oito mulheres famosas por suas bundas [tranquis que Melancia está lá]. Editado pela Taschen.

***

Galeria de imagens de bundas comentadas

Uma bunda brasileira, as usual, deixa ‘os gringo’ louco. Olha o francês, só falta babar igual ao lobo do Tex Avery.

A bunda da modelo e a bunda-modelo:

Bundas unidas, jamais serão vencidas. Porque bundas também são uma forma de protesto. Kiss my ass.

Man Ray detona nessa foto! A arte de retratar uma bunda!

Que dizer de alguém que tatua Michael Jackson na bunda??? Thriller

Depois da desgraça acima, ANTIDOTO- A bunda da Odalisca de Ingres é discreta e bem maneirista….

Ela quase não tem…[Kate Moss não precisa de bunda, ok!]

Bunda utópica, freak no último:

Bunda intelectualizada e feminista também pode ser boa. Simone de Beauvoir não me deixa mentir:

E na bunda brasileira tem sempre um que querendo enfiar. [mas a gente vai lá e tira]

E só pra consagrar a bunda made in Brasil, houve um concurso em Paris para escolher a bunda mais bonita e claro que quem venceu foi uma brasileira. Disputando entre 45 finalistas de 26 países, Melanie Nunes Fronckowiak recebeu o título de “Most Beautiful Bottom in The World”.

***

Posts de toda sorte que encontrei sobre a bunda (da surra de bunda até um chutador mecânico):

Papo de Homem http://papodehomem.com.br/o-homem-maduro-e-a-bunda/

Pensar Enlouquece http://www.interney.net/blogs/inagaki/2007/07/26/bunda_esquizofrenica_de_iris_na_playboy/

Sidney Rezende http://www.sidneyrezende.com/noticia /30138

Coisas Geek http://coisasgeek.com.br/2006/01/a-bunda-do-bruce-springsteen/

Blogpaedia http://www.blogpaedia.com.br/2009/04/guia-ilustrado-de-11-tipos-de-bundas.html

Pix, por Dani Arrais http://www.mypix.com.br/site/pixblog/surra-de-bunda/

Humor na Ciência http://www.humornaciencia.com.br/invencoes/chute.htm

***

Ah, e a definição sérissima de bunda é nádega.

Lendo: Geisha, a Life

Gueisha, a Life é uma história real e reveladora sobre como uma mulher se torna e também como ela deixa de ser gueixa. Mineko Iwasaki explica que gueixas não são putas. Elas exercitam a arte da sedução e como num sacerdócio são devotadas a um estilo de vida rígido mas em compensação bem remunerado…..

Deixa eu ir lá terminar de ler! Bye!

Olha só: clique aqui para ler uma entrevista bárbara com Mineko Iwasaki (em inglês)

Twin Peaks foi o meu Crepúsculo (graças a Deus)

Mensagem de Natal à moda Twin Peaks:

Natal é época de agradecer, então agradeço aí:

Muito obrigada David Lynch por existir!!!!!! Por ter feito Twin Peaks e que a série tenha sido transmitida pela Globo em 1991, quando eu era uma pirralha! Twin Peaks foi o meu Crepúsculo. Ai não sabe como eu agradeço!!! Eu fui, sou mto viciada nisso! outro dia aluguei a série e foi maratona Twin Peaks non stop pra recordar, igualzinho criança que assiste 100 vezes o mesmo desenho animado.

Você, que só sabe de Crespúsculo, dê uma olhada nos videos que mostram bem porque a série arrebenta:

***
E essa fofura de Twin Peaks de Playmobil!!! Como não amar???

Walker Evans no Masp

A melhor exposição de fotografia que fui este ano! e ainda dá tempo de você ver também!

Walker Evans, coleção Fundação Mapfre no Masp. Evans foi um fotógrafo da realidade dura pós-crash norte americano dos anos 30, além disso viajou e trouxe ótimas imagens de Cuba. E por volta dos anos 60 e 70 se interessou pelo subúrbio das capitais americanas.

Na exposição do Masp eu destaco a série de fotos no metrô de NYC. São muito maravilhosas.

Ele sempre capturou suas imagens com um olhar tão claro, tão neutro em que não floreava, nem esperava ‘o momento’ bressoniano, também não deprimia, deixava o julgamento para o apreciador. Quase não existe juízo de valor nas imagens que ele mostra.

Essa aí embaixo não estava na exposição, mas achei apropriada pra época de Natal e escolhi para ilustrar!

Hanging Christmas, 1973-74 - Polaroid
Walker Evans

Walker Evan no MASP

De 1º de outubro a 10 de janeiro de 2010.
De terças-feiras a domingo das 11h às 18h. Às quintas-feiras, das 11h às 20h.
Inteira: R$ 15,00. Estudantes: R$ 7,00. Gratuito até 10 anos e para maiores de 60 anos.
Às terças-feiras a entrada é gratuita para todos.

MASP - Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand
Avenida Paulista, 1.578 - telefone: 11 – 3251-5644
Estacionamento conveniado ao lado, na Avenida Paulista (R$10,00)

Linus vai te explicar o que é o Natal

Quer saber o que é o Natal? Assista essa obra de arte da animação: Natal do Snoopy.

E nada pode ser melhor pra falar de Natal do que Linus e seu cobertorzinho.

Simplicidade genial.

Noites bem felizes…

Silent Night pra ouvir sempre, é um oferecimento para Luisa do amigo, músico, blogueiro, e comentarista das frases malucas dela: Penachi ou @penachiando, para os íntimos!!!

E por causa de um desenho de Charlie e Lola, a gente sempre fala aqui em casa com a Lu antes de dormir: Sonhos bem felizes!! Noites bem felizes!!!

Combinou com a música!

Feliz Natal!!!!!

***

E você encontra mais piano, info e blog do Penachi nos links:

http://penachi.blogspot.com
http://penachi.mus.br

Natal rima com bacalhau

Passei muitos Natais com meu pai preparando nosso jantar. E uma das especialidades era bacalhoada. Um prato delicioso e que não requer acompanhamentos complexos, um belo arroz branco é uma combinação perfeita. Simples assim.

Meu pai não não tinha, nem seguia receita, fazia ‘no olho’, como dizem. Recomendava comprar tudo bem fresquinho e ir provando a comida no decorrer do preparo. E o incrível é que ele fazia NADA de bagunça na cozinha. A pia sempre linda, inox brilhando. Na hora de servir era no esquema que cada um incluia com o bacalhau, a cebola, batata, ovos em separado e colocava azeite como quisesse.

E daí que esses dias estava pesquisando para um post do #Juntos e pedi que me mandassem receitas. O @oalvarenga Osvaldo Alvarenga, que foi meu aluno esse ano na Escola São Paulo e é uber gourmand mandou especialmente pra mim, uma receita sensacional e que é muito parecida com a que meu pai fazia até na forma como ele explicou tudo.

Tomo a liberdade de transcrever a receita exatamente como no email dele pra mim:

Bacalhoada à Portuguesa:
Ps.: não tenho uma receita certinha, no papel. Faço de cabeça…
Então vamos lá.
Porções individuais:
  • 300g de postas de bacalhau com pele;
  • uma batata inglesa média;
  • uma cebola grande;
  • um dente de alho;
  • um ovo;
  • 100g de grão de bico, ou 200g de vagem ou umas três ou quatro folhas de couve (a gosto).
  • Algumas azeitonas verdes.
  • sal, pimenta do reino, azeite extra virgem e vinagre de vinho branco à vontade.
Modo de preparo:
  • depois de deixar o bacalhau de molho por uns três a quatro dias (se possível em água fria, reserve aguar fria limpa numa outra vasilha para as trocas e deixe de molho na geladeira)
  • ponha primeiro as batatas descascadas e pouco depois as cebolas (descascadas tb, claro) e em seguida o bacalhau para cozinhar na mesma panela. Se for usar as couves pode, ao final do cozimento do bacalhau, adicionar a couve nesta mesma panela para um “banho” rápido. Se não couber tudo na mesma panela, cozinhe as batatas em separado. Verificar o ponto do bacalhau e das batatas para não ficarem cozidos demais.
  • cozinhe os ovos noutra vasilha.
  • Cozinhe o grão de bico (preparo normal, deixa de molho antes para tirar aquela pelinha) ou a vagem noutro recipiente (para a vagem - que é a minha opção favorita para este prato, eu costumo cozinha-las no vapor).
  • pique o alho (cru) em pequenos pedaços.
  • Vá comendo as azeitonas enquanto prepara o prato… rs. A rigor come-se o bacalhau com azeitonas, mas eu não uso, então…?!
Modo de servir:
  • sirva em vasilhas separadas, batatas, cebolas e bacalhau. Noutra os ovos. Numa terceira a vagem. Também o alho e as azeitonas são colocadas em lugares próprios e separados.
  • sal, pimenta, azeite e vinagre são levados à mesa para que cada um tempere seu prato a seu modo.
  • cada convidado se serve à vontade e tempera no seu próprio prato. Mas a pimenta, azeite (muito) e vinagre são indispensáveis. Para crianças vc pode amassar o bacalhau com as batatas, azeite e vinagre e fica ótimo. Até os mais ruins de boca comem…
Para beber… deixa eu ver… Quinta da Lagoalva Talhão, da região do Ribatejo, Portugal - claro!!
Acho que vai funcionar bem…Vantagens: supersimples de fazer, não suja demais a cozinha e a sobra fica pro bolinho de bacalhau do dia seguinte… outro dia eu passo a receita do bolinho.
A gente vai cobrar o bolinho!
***
De onde vem essa tradição de comer bacalhau no Natal?? ( e em outras datas religiosas)
A Igreja Católica na Idade Média mantinha um rigorosissimo calendário no qual os cristãos deveriam respeitar os dias de jejum, e eram proibidos de comer as carnes consideradas “quentes”.
O bacalhau era uma comida “fria” e o seu consumo era incentivado pelos comerciantes nos dias de jejum como no Natal. Então no jejum…dá-lhe bacalhau! (saiba mais sobre a cozinha medieval aqui na wiki)
Com isso, passou a ter forte identificação com a religiosidade e a cultura do povo português super católicos. O rigoroso calendário foi com o tempo sendo aliviado… Mas a tradição do bacalhau mantém-se forte nos países de língua portuguesa até hoje, principalmente no Natal.

Receita pra pular 7 ondas longe da praia

Cartão lindérrimo designed by Laurent Cardon, nosso Lolo, o francês mais brasileiro que já existiu.

Citron Vache sempre manda muito bem!!!

(confesso que estava até triste por só ter recebido cartão e mensagem de Natal clichê…e pior de muita agência bacanuda. cadê a criatividade meu povo???)

Na alegria e na tristeza…

Pra variar mais uma vez há polêmica no Twitter. E dessa vez vou opinar porque ela é blogueira (Blog 4 Mom) e mãe como eu. O que está acontecendo desde o dia 17 de dezembro com Shelly Ross, 37 anos, no twitter @Military_Mom, uma norte-americana que vive na Flórida, me deixou indignada com a postura e a reação das pessoas isso porque ela tuitou o lamento de que o filho Bryan de 2 anos tinha se afogado na piscina pouco depois do ocorrido.

E frases maldosas do tipo:

Mom Tweets While Son Drowns, saiu no Florida Today

Que tipo de mãe twitta a morte do filho? (essa está na chamada da matéria do Estadão) pipocam por aí.

Os juizes morais de plantão não iam deixar essa passar, ainda mais porque é um prato cheio ao sensacionalismo: morte, criança, twitter, internet, mãe….Eu posso responder a pergunta acima assim: Qualquer tipo de mãe que usa a internet como meio de comunicação e faz dele também sua plataforma de interação na alegria e na tristeza.

Respondi????

Muita gente ainda não se dá conta de que julgamentos morais não lhes dizem respeito e que as ferramentas de publicação de conteúdo online estão para registrar tudo de bom e ruim que o usuário quiser.

Li o post do professor de comunicacão, Andre Lemos sobre o assunto e é de uma clareza absurda! Compartilho com vocês aqui, clique e leia também!

Lamento muito a morte da criança, a dor profunda dos pais e me solidarizo com a família em preces.

****

Aqui está o conteúdo do post mais recente que Shelly Ross teve que escrever repercutindo essa coisa toda de críticas e como se não bastasse perder um filho, ela tem que gerenciar comentários sobre sua conduta e implora na melhor versão: ‘Deixem a gente em paz!’

Media outlets: Please leave us alone, stop trespassing onto our property. Yes this includes the private drive you have to turn down to get   of our home. Stop calling me my family and friends for comments. WE ARENT GIVING ANY, PERIOD, END OF STORY FOR YOU. Stop posting my information, photos of my home and address.

Those who do not know me, us our family: Find a hobby, get a job, get a clue please. You do not know me us or him. You do not have the right to speak or type his name. He was better than you in every way. Stop slandering my name, stop disrespecting my son and husband with your pitiful pathetic mouths.

There have been NO interviews granted by myself, my husband or my family. There will be no interviews granted, period end of story. So for those who have “covered” this tragedy without learning the facts, and who have miss spoken and have not gotten it right, gee thanks. If it were not for you I could mourn in peace. Let’s try this why don’t we, leave me alone, find your next victim and let my sons memory be one of good and peace and strength.

LEAVE US ALONE

Just a Gigolo - a verdade, enfim.



Faz tempo que pensava em fazer essa postagem sobre a música Just a Gigolo.

A versão mais conhecida de é a de Louis Prima de 1956 e foi ele também incorpora a parte do I Ain’t Got Nobody, e a versão mais pope mais vendida é a de Lou Bega, mas existem mais de 20 interpretações dessa canção que foi feita em 1928 por Leonello Casucci (musica) and Julius Brammer (letra). O desenho de Betty Boop é de 1932 e esta é a 2ª gravação feita da música e é aque eu mais gosto porque é mais  intimista, mais deep, mais tristonha, mais pós-1ªGuerra: as life goes on without me.

Ah, tem gente que pensa até que a música é de autoria de Louis Armstrong ou de David Lee Roth, aliás encontra-se essas informaçoes erradas na web, mas eles no caso apenas interpretaram muito bem!

Aqui a letra original:

Just a gigolo
everywhere I go
people know the part
I’m playing

Paid for every dance
selling each romance
every night some heart
betraying

There will come a day
youth will pass away
then what will they say
about me

When the end comes I know
they’ll say just a gigolo
as life goes on
without me

Aqui a parte do I Aint’ Got Nobody

Cause I aint got nobody
nobody nobody cares for me
I’m so sad and lonely
sad and lonely sad and lonely
Won’t some sweet mama
come and take a chance with me
cause I aint so bad

Get along with me babe,
been singin love songs
All of the time
Even only be, honey only, only be
Bop bozadee bozadee bop zitty bop

I ain’t got nobody ‘cept love songs in love
Hummala bebhuhla zeebuhla boobuhla
hummala bebhuhla zeebuhla bop

I ain’t got nobody, nobody,
nobody cares for me
Nobody , nobody
I’m so sad and lonely,
sad and lonely,
sad and lonely,
Won’t some sweet mama come
and take a chance with me
cause I aint so bad

Get along with me babe,
been singin love songs
All of the time
Even only be, honey only, only be

Meu perfilzinho tuítico

Mais um site para se auto-analisar no Twitter. Veja http://analytics.ad.ly/

De ‘grátis’ ele traça um perfil analítico basiquinho, se quise mais pague e receberás o Freud para explicar tudo.

Fiz o meu e destaquei esses ítens:

77% dos meus seguidores são comprometidos comigo- ou seja interagem com meus tweets.

23% dos meus seguidores são comprometido - ou não estão mais ativos ou me detestam mesmo.

Engaged followers are your followers that actually view and interact with your tweets. Disengaged followers are those that have a low probably of viewing your tweets because they have been recognized as a bot, have abandoned their Twitter account, have been suspended from Twitter, or simply are following way too many people and have a polluted stream. (via meu leitor Alan q não me deixa falar besteira)

52% é homem

48% é mulher

Meu seguidores maior poder de influência são: @inagaki, @gravz @loverox @veramartins

IED faz concurso de bolsas e o público opina na escolha

O Istituto Europeo di Design (IED) promove o concurso “Todo Dia Criativo” para concorrer a bolsas de estudo para os cursos de graduação oferecidos nas áreas de Moda, Design e Artes Visuais para 2010.

Para participar, os interessados tem que ter têm idade entre 17 e 26 anos, completos até o dia 20 de janeiro de 2010 e deverão se inscrever pelo site www.tododiacriativo.com até 20/01 e desenvolver um projeto com tema relacionado as áreas de atuação da faculdade.

Infelizmente eu não tenho mais idade pra me candidatar…

O intuito é convidar os candidatos a discutirem e expressarem suas ideias de sociedade, arte, cultura, comunicação e estilo de vida no futuro. Uma comissão de jurados, composta por professores e convidados selecionará os melhores trabalhos e o resultado será divulgado em fevereiro.

No o site do concurso o público pode votar e deixar comentários sobre os projetos finalistas no site. Legal poder opinar na escolha dos bolsistas!


1, 2, 3 Testando

Coisinhas que experimentei recentemente!

Ace líquido

Recebi via assessoria de imprensa 2 litros de Ace para testar! muuuito bom ***** cinco estrelinhas! limpa bem na lavagem rápida, tem um perfume que permanece mais tempo na roupa (pelo menos é o que acha o meu nariz). Achei legal porque não deixa aquele resíduo esbranquiçado que às vezes fica numa camiseta preta, por exemplo.

Tô muito tentada a trocar o sabão em pó pelo líquido pra sempre! As camisetas de uniforme da Luisa ficaram bem menos encardidas sem usar pré-lavagem (pq eu não esfrego roupa nem por Deus…).

Ah, e o custo pelo que já pesquisei tá bem pau a pau com as marcas boas de sabão em pó, não é mais caro como eu pensava.

E tem uma promôzinha rolando Ace líquido renove seu guarda-roupa! Para participar as interessadas devem acessar www.aceliquido.com.br, preencher o cadastro completo e redigir um texto em até 150 caracteres “ Conte por que você mudou de lava-roupas em pó para o novo Ace Líquido. Troquei o sabão em pó por Ace Líquido porque…”.

Os cadastros podem ser feitos até 31 de dezembro de 2009

Prêmios
01 (um) cartão vale presente Visa, carregado com R$ 5.000,00 (cinco mil reais)

05 (cinco) cartões vale presente Visa, carregado com R$ 2.000,00 (dois mil reais) cada

01 (uma) viagem de 02 dias e 01 noite com 5 acompanhantes para São Paulo

09 (nove) cartões vale presente Visa, carregado com R$ 1.000,00 (um mil reais) cada

***

Bonafont

Recebi 30 litros de Bonafont. Foi xixi como se não houvesse amanhã, exatamente nas palavras da minha amiga Cris Rocha que também se ‘cobaiou’ na Experiência 15.

Bonafont é uma água levinha e docinha, apesar de dizerem por aí que só eu acho docinha. Com certeza meu paladar percebe bem a tal diminuição de sódio, ou seja, praticamente sou uma sommelier de água.

Me lembrei que a minha fonoaudióloga a Letícia dizia que a gente precisava beber muita água não para molhar a garganta mas sim para hidratar o corpo de forma que o tecido das cordas vocais fosse beneficiado de maneira mais efetiva. E fato é: quem bebe mais água fica com o cabelo, as unhas e a pele  bem mais viçosas. Quanto à retenção de líquido nas pernas, deu uma melhoradinha sim, diminuindo o dolorido e o inchaço, principalmente na batata da perna.

Reparei também que a embalagem dela tem aquelas montanhinhas em relevo, tipo Evian, uma gracinha, so familiar!!! [gentem, água tem mta importância na minha vida! foi um spray de Evian q fez com que Edu se apaixonasse por mim! (sim, é verdade ele pode confirmar)]

Em resumo: foi legal demais o incentivo ao hábito de beber os 2 litros de água por dia e que não ficou só comigo, mas @Souzacampus e a Luisa beberam mais água também.

Agora eu tenho ainda uma massagem na Onodera pra curtir, cortesia Bonafont. Aceito sugestões do que é legal fazer lá na Onodera.

***

Mentos AquaKiss

Nossa!!!!!! como não ficar de quixo caído com a quantidade de balas!! Um mega pacote desse que a gente só imagina na adolescência, daqueles sonhos pra comprar no dia em que for morar sozinho e comer tudo!!!

Esse era um pacotão pra mim e pro @Souzacampus, desfrutarmos juntos! pra gente experimentar beijos gelado e azedinho doce também. Fiquei completamente viciada no AquaKiss hawaiian gostinho de manga bem suave, azedinha, uma delícia, não parei até ver o fim!!  E quem me conhece sabe que sou muito chata pra comer bala, chiclete, acho tudo açucarado demais, acho enjoativo, ou ice com gosto de produto de limpeza e eu gostei muito das que experimentei.

Passamos por acaso pela ação de Mentos no shopping Eldorado mas não ficamos muito atraidos, achei complexo demais e rolava aquela vibe tradicional corpinho mole das promotoras e promotores q estavam no stand pra explicar.

Transparência que parece mentira (mas é verdade)

Não precisa dizer nada, só que esse é o LG Crystal GD900, o 1ºcelular transparente do mundo. Vou me divertir e testar!!

As luzes da árvore de natal estão acesas!

Quem lê o blog sabe que estou também escrevendo no blog especial de natal do Grupo Santander Brasil, o #Juntos por uma vida melhor. Esse video fiz com a sempre amiga dos filmes e ilhas de edição!!! Fabi de Freitas <3 e tem entrevistinha com Rodrigo Faro, Andrea Drigo, Afrolata e palhinha do show de Daniela Mercury.

The Little Drummer

Toda vez que eu escuto essa musiquinha eu tenho vontade de chorar do menininho! The Little Drummer, o bolero de ravel do Natal é uma música maravilhosa!

Little Drummer Boy

Come they told me, pa rum pa pum pum Venham, eles me disseram, pa rum pa pum pum
Our newborn King to see, pa rum pa pum pum Ver nosso novo Reizinho, pa rum pa pum pum
Our finest gifts we bring, pa rum pa pum pum Nosso melhores presentes trazemos, pa rum pa pum pum
To lay before the King, pa rum pa pum pum, Para entregar ao Rei, pa rum pa pum pum,
Rum pa pum pum, rum pa pum pum, Rum pa pum pum, rum pa pum pum,
So to honor Him, pa rum pa pum pum, Então honrá-Lo, pa rum pa pum pum,
When we come… Como nós chegarmos…
Little Baby, pa rum pa pum pum Bebezinho, pa rum pa pum pum
I am a poor boy too, pa rum pa pum pum Eu sou um menino pobre também, pa rum pa pum pum
I have no gift to bring, pa rum pa pum pum Não tenho presente para trazer, pa rum pa pum pum
To lay before the King, pa rum pa pum pum, Para entregar ao Rei, pa rum pa pum pum,
Rum pa pum pum, rum pa pum pum, Rum pa pum pum, rum pa pum pum,
Shall I play for you, pa rum pa pum pum, Devo tocar para você, pa rum pa pum pum,
On my drum?… Em meu tambor?…
Mary nodded, pa rum pa pum pum Maria acenou, pa rum pa pum pum
The ox and lamb kept time, pa rum pa pum pum O boi e o cordeiro chegaram à tempo, pa rum pa pum pum
I played my drum for Him, pa rum pa pum pum Eu toquei meu tambor para Ele, pa rum pa pum pum
I played my best for Him, pa rum pa pum pum Eu toquei o meu melhor para Ele, pa rum pa pum pum
Rum pa pum pum, rum pa pum pum Rum pa pum pum, rum pa pum pum
Then He smiled at me, pa rum pa pum pum Então ele sorriu para mim, pa rum pa pum pum
Me and my drum…
Me and my drum…
Me and my drum…
Me and my drum…
Me and my drum….
Eu e meu tambor…
Eu e meu tambor…
Eu e meu tambor…
Eu e meu tambor…
Eu e meu tambor…

E na minha pesquisa sobre essa animação de natal que eu adoro! descobri que Bob Dylan re-lançou este mês a música tema de The Little Drummer no seu álbum de natal que está sendo vendido pela internet. Leia+ e veja o clip aqui.Videoclipe com efeitos belíssimos de animação